Goji, kefir e sal dos Himalaias

Uma pergunta recorrente que recebemos é se o produto X ou Y é benéfico para a saúde.

Depois de algumas dezenas de respostas – talvez centenas – criamos uma fórmula que contém duas perguntas.

Estas perguntas permitem realizar uma triagem aos alimentos que possa ter qualquer dúvida.

A resposta a estas perguntas deve ser sempre sim.

Pergunta 1: O alimento em questão tem como origem uma latitude próxima à que habita?

Pergunta 2: O alimento em questão é proveniente de uma altitude semelhante à que se encontra?

Pergunta adicional: Originalmente quem consumia estes alimentos tinha um estilo de vida semelhante ao seu – em termos de actividade física e mental?
Se a resposta for não a alguma destas perguntas, este alimento não é para si, é um alimento que é para quem vive nesses locais. Se nesses locais pode ser um alimento útil, para si pode não ser a melhor escolha.

Um exemplo: O Kefir tem a sua origem no Cáucaso.

Pergunta 1 – Sim – A latitude é semelhante.
Pergunta 2 – Não – O Cáucaso tem uma altitude superior a portugal e como tal uma temperatura mais baixa que portugal continental.

Pergunta adicional – Se andar monte acima e abaixo atrás de ovelhas e cabras e viver num regime com alguma deficiência prtéica a resposta é sim
Eventualmente se for pastor na serra da estrela e não tiver outro tipo de proteína à sua disposição poderá considerar a sua utilização.

Exercício: Investigar sobre as origens dos outros dois alimentos e realizar as mesmas perguntas.

Boas práticas.

53 Partilhas


Subscreva

Ao subscrever o nosso blog, para além dos artigos e das nossas divulgações, oferecemos-lhe nos próximos 15 dias um programa de regeneração diário.

Comece hoje, um caminho dedicado a si.

Conheça os nossos cursos

Regenerar app

Chi Kung Fundamentos

Astrologia do Ki das 9 Estrelas

1 thought on “Goji, kefir e sal dos Himalaias”

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *