Fortalecer a imunidade infantil – Parte 4

Este é o quarto artigo sobre este tema – consulte o nosso arquivo se desejar ler os anteriores.

4. Optar por alimentos de produção biológica

Sinto-me afortunado por poder escrever este artigo numa época em que o biológico é algo mais conhecido que há 20 anos atrás. Se no passado os alimentos biológicos eram algo exclusivamente dos geeks da comida, vendida em lojas especializadas que poucos conheciam, hoje é algo já comum e presente em muitas lojas de pequena e grande superfície e é já uma escolha preferencial de muitos consumidores. Este tipo de escolha supõe que os alimentos que são adquiridos:

  • Respeitam os princípios da não utilização de pesticidas;
  • Possuírem uma sustentabilidade nas quantidades e diversidade das espécies cultivadas;
  • Utilizam métodos de cultivo o menos poluentes possíveis para o ambiente onde são cultivados, assim como para o ambiente interno de quem a consome;
  • Acompanham a sazonalidade;
  • Utilizam frequentemente espécies autóctones.

Enquanto os cientistas continuam a procurar evidências se esta categoria de alimentos pode traduzir-se em mais saúde por quem os consome, pois não existem ainda estudos conclusivos, pensamos que o mais importante não é observar o alimento mas sim o processo de cultivo e o efeito que este processo poderá ter em nós humanos. Ou seja, apesar de não se saber bem ainda se uma cenoura Bio é mais rica em nutrientes que uma cenoura química, há algo que não se pode ignorar que é a utilização de pesticidas – uma das fronteiras claras entre estes dois alimentos. Para irmos à raiz deste assunto necessitamos de ir aos intestinos humanos e ao efeito que os químicos têm sobre o bioma que vive em cada um de nós. Estima-se que “somos feitos” de 1/3 de células humanas para a proporção de 2/3 de outros organismos “que não fazem parte” do corpo humano. Uma parte considerável destes microorganismo habitam os intestinos e são tão delicados como o húmus que se encontra na terra. Sabendo que os pesticidas químicos têm um efeito bastante agressivo sobre o húmus da terra e nos microorganismos que nela habitam, não é difícil imaginar como será também agressivo para o nosso húmus pessoal, assim como as paredes dos intestinos que suportam este material vivo. Sabe-se hoje que nosso húmus interno é essencial para a imunidade. Alimentos ricos em pesticidas podem alterar esta flora de forma bastante drástica prejudicando-a (estudo científico) e levar mesmo a situações pré inflamatórias no intestino (estudo científico). Se num adulto é algo preocupante, numa criança esta flora, que é ainda mais delicada, está num estado de formação e desenvolvimento. Este é um período crucial com implicações para o resto da vida. A extrema importância de utilizar alimentos cultivados segundo os princípios da agricultura biológica resume-se a evitar complicações futuras, que podem danificar ainda mais o intestino. Como por exemplo, adoecer por falta de imunidade criadas por uma alimentação rica em pesticidas e ter de realizar ciclos de antibióticos que criam um ciclo vicioso de destruição e ainda mais massivo da referida flora (estudo científico). Aprender a escolher alimentos orgânicos. Existem pelo menos 4 classes de alimentos orgânicos

  • 100% Orgânicos – tal como o nome indica, todos os alimentos que constituem este produto são de cultivo Bio
  • Orgânicos – refere que até 95% dos ingredientes são de origem biológica
  • Utiliza ingredientes orgânicos – até 70% dos ingredientes
  • Contém ingredientes orgânicos – quando os ingredientes biológico são inferiores a 70%.

Não havendo esta designação nas embalagens deverá ler os rótulos observando aqueles que estão assinalados, habitualmente por um asterisco, como sendo orgânicos. Da nossa parte fica o convite para que – se não o faz ainda – durante esta semana procure realizar uma refeição que inclua pelo menos um ingrediente Bio na sua alimentação e do seu bebé ou criança. Se já o faz, fica o convite para procurar refinar este processo, introduzindo alimentos que ainda não conhece, expandindo assim a sua curiosidade e conhecimento. Boas práticas.


Retiro regenerar 2020

Estamos prestes a fazer a divulgação do próximo retiro Regenerar Sustentabilidade, Simplificação e Quietude Coloquem na vossa agenda dia 5 às nove da manhã. Como é um retiro que esgota habitualmente em 48 horas, este ano é possível ser notificado 24 horas antes. Se quer saber mais siga esta ligação.

46 Partilhas


Subscreva

Ao subscrever o nosso blog, para além dos artigos e das nossas divulgações, oferecemos-lhe nos próximos 15 dias um programa de regeneração diário.

Comece hoje, um caminho dedicado a si.

Conheça os nossos cursos

Regenerar app

Chi Kung Fundamentos

Astrologia do Ki das 9 Estrelas

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *