Como escolher um estilo de Chi Kung

“Quando eu nasci as frases que hão de salvar a humanidade já estavam todas escritas. Só faltava uma coisa – Salvar a humanidade.” – Escrita numa estação de metro em Lisboa

Não acredito que os estilos que possam surgir num futuro próximo tragam muito mais do que aquilo que hoje já temos disponível para começar a nossa prática.

A tendência que se tem vindo a cultivar é cada vez mais a aproximação das vários métodos de ensinar os diversos estilos , para que possam ser compreendidos e melhor assimilados pelos diversos tipos de praticantes.

Em vez do ênfase estar no estilo que se pratica passa a estar como este  pode servir quem o pratica.

Esta aproximação tem permitido que estas práticas sem perder a sua essência acompanhem a evolução da humanidade no momento presente.

No Zhan Zhuang inicialmente a prática mínima era de uma hora – na postura de abraçar o balão em frente ao peito

Pouco a pouco algumas concessões foram feitas dependendo da vitalidade dos praticantes. Surgiram posturas intermédias, menos exigentes e a integração desta prática também em posições sentadas ou mesmo deitadas.

Eu acredito que existe um tipo de Chi Kung para cada praticante.

Para ajudar essa escolha apresento cinco fatores que para mim são importantes na escolha de um sistema de prática energética.

O tempo necessário para a prática. Existem sistemas fabulosos mas que necessitam de tempo que a maior parte dos praticantes não possui. Podem ser praticados no contexto do fim de semana ou de um retiro, mas quando o aluno regressa a casa e se depara com a aridez da segunda feira de manhã, por diversos fatores a prática é abandonada por não ser possível criar tempo para que ela aconteça. Pergunta: Quanto tempo tem disponível para investir no seu treino diário?

O espaço necessário para a prática. Se não fosse a falta de espaço que tinha em casa provavelmente hoje praticaria outro tipo de Chi Kung. Mas o facto de ter de treinar todos os dias às 6 da manhã no meu quarto e de ter disponível pouco mais que o espaço do meu braços abertos, levou-me a procurar sistemas que ocupassem pouco espaço. Na altura fiz diversas tentativas de praticar outros sistemas mais amplos e vistosos mas o espaço foi ao mesmo tempo uma limitação e um professor na procura de sistemas mais simples e eficazes. Pergunta: Quanto espaço tem na sua casa para praticar?

Os recursos necessários para que a prática se realize. Dependendo dos sistemas existem práticas que necessitam de mais movimentos para que a prática seja eficaz. Não existe nem mais nem menos qualidade na quantidade. Tal como o pão que pode ser feito com poucos ingredientes outros necessitam de mais, mas isso não coloca em questão a qualidade do pão. No entanto, eu colocaria em causa se alguém me dissesse que um bom pão tem de ter 15 ingredientes quando existe pão excelente com cinco. Pergunta: Quantos movimentos ou posturas são necessárias para que consiga efetivamente praticar em casa?

A aplicabilidade de um sistema define se o tipo de Chi Kung pode ser praticado em momentos de espera, ou se estiverem acamados, sentados à secretária ou mesmo a caminhar na rua. Outro aspeto da aplicabilidade são a possibilidade de utilizar o que aprendem nas aulas na vossa profissão. Os terapeutas de várias áreas beneficiam com o Chi Kung mas outras áreas menos previsíveis também como músicos, desportistas, formadores, pilotos de avião. Alguns tipos de prática visam efeitos muito específicos que requerem isolamento, celibato, dietas específicas ou horários particulares de sono. Pergunta: Pode ser facilmente transposto para o vosso dia a dia?

A evolução é algo que se deseja à medida que a prática vai evoluindo. Estudar mais e partilhar com outros praticantes deve ser possível para que a prática seja enriquecida, outros aspetos da mesma sejam conhecidos e integrados. Esta evolução nem sempre é direta ou previsível. Em alguns sistemas utilizam cintos como nas artes marciais, outras pela antiguidade, outras pelo desempenho. No entanto esta evolução deve ser possível. Pergunta: O sistema que estudo permite-me evoluir mais? Como?

Este texto foi escrito inspirada na história do recentemente falecido Prof. Yu Yong Nian (na foto acima).O professor Yu abraçou a profissão de médico de medicina dentárias, casou, teve filhos e praticava religiosmante uma hora todos os dias antes de ir trabalhar. A sua prática como dentista permiti-lhe, porque passava longas horas de pé, treinar informalmente durante as 10 horas diárias de trabalho. Isso não o impediu de ser um grande promotor desta arte, quer pelo seu exemplo de vida quer pelos estudos e obras que deixou escritas.

Agora só falta mesmo salvar o mundo ou seja – Começar a praticar.

Boas práticas para todos.

Chi Kung Fundamentos

Durante estes mais de 20 anos de de ensino destilei o que considero ser essencial para uma prática sustentável de forma a ser possível integrar o Chi Kung nas vida de quem o pratica.

Este programa pode ser consultado aqui.

Pode também, se desejar  proporcionar a alguém os primeiros passos num caminho de criação de autonomia física, oferecer este programa no formato de voucher. Contacte-nos para saber mais.

22 Partilhas


Subscreva

Ao subscrever o nosso blog, para além dos artigos e das nossas divulgações, oferecemos-lhe nos próximos 15 dias um programa de regeneração diário.

Comece hoje, um caminho dedicado a si.

Conheça os nossos cursos

Regenerar app

Chi Kung Fundamentos

Astrologia do Ki das 9 Estrelas

2 thoughts on “Como escolher um estilo de Chi Kung”

    1. Lourenco Azevedo

      Damos a nossa contribuição sempre que podemos. Espero que esteja tudo bem contigo, e quem sabe até breve.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *