As grandes mudanças

Escolhas

Serão sempre algumas, as razões e alternativas que são criadas e que nos impedem de aceder a momentos de qualidade durante o dia.

  • Pode ser praticar Chi Kung.
  • Pode ser sentar-se no sofá e ler uma revista ou um livro.
  • Pode ser uma pausa para um chá, em que existe a possibilidade de contemplar o seu estado actual
  • Pode ser sentir a respiração, por momentos, antes de passar para a próxima tarefa
  • Pode ser um momento, que decide desconectar e ignorar sms’s e emails que chegam, dando atenção à sua postura e respiração – formal ou informalmente.

Alguns destes momentos levam menos de cinco minutos outros podem levar até 30 ou mais.

Quando pensar em mudança, em criar quietude nos seus dias, lembre-se que essas escolhas, para serem nutridas diariamente, nunca serão visualmente muito espectaculares.

Não levam a muitos “likes” na sua rede social, nem se tornarão virais.

Não vai ser algo, que possa competir com o lançamento do último smarthphone ou tablet.

As grande mudanças começam por pequenas acções, constantes, rotineiras, nutritivas e simples.

Utilizam o espaço, o tempo e os recursos que tem neste momento e podem ser iniciadas agora mesmo.

Desconfie sempre, quando o/a tentarem convencer do contrário.

Boas práticas.

74 Partilhas


Subscreva

Ao subscrever o nosso blog, para além dos artigos e das nossas divulgações, oferecemos-lhe nos próximos 15 dias um programa de regeneração diário.

Comece hoje, um caminho dedicado a si.

Conheça os nossos cursos

Regenerar app

Chi Kung Fundamentos

Astrologia do Ki das 9 Estrelas

4 thoughts on “As grandes mudanças”

  1. Sara da Paixão Pacheco Ferreira

    Obrigada, Lourenço por partilhar connosco conhecimento tão importante. O Lourenço é o responsável por eu te aprendido a ouvir e a falar com o meu corpo. Estou muito grata.

    1. Lourenco Azevedo

      Obrigado, eu apenas facilito ao informação Sara, é de quem a assimila que fica responsabilidade de cozinhar e fazer a melhor combinação possível que sirva os seus propósitos de crescimento pessoal. Boas práticas.

  2. Francisca Pereira

    Olá Lourenço

    As pequenas coisas que muitas vezes se tornam grandes ou que desaparecem são o efeito das

    mudanças ou a mudança é a causa…?

    Sempre grata pela partilha que faz do seu conhecimento

    1. Lourenco Azevedo

      Todos os crescimentos e decréscimos são resultado e uma manifestação da mudança.

      Agora, a questão é quando estes crescimentos ou decrescimentos se tornam insustentáveis – E ter muito pode ser tão stressante como ter pouco.

      Lembro-me que houve pessoas que entraram em stress total por viver com 100 objectos e resultou mesmo em depressões e separações familiares.

      Assim como uma estrutura que se torna maior que nós ao ponto de nos consumir a nossa energia vital para além das nossas reservas tem que ser repensada.

      Boas práticas.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *